O rosmaninho do Azinhal

Foto João Xavier - Rosmaninho xis

Entre as plantas que florescem em março no Azinhal, o rosmaninho tem um perfume e uma beleza inigualáveis.
O rosmaninho gosta do Azinhal, seja junto a um muro, como o desta imagem, seja nos montes secos e abandonados de toda a freguesia.
Os mais antigos chamavam-lhe rasmono e aproveitavam bem a época da sua floração (de fevereiro a junho) para colocar as colmeias junto aos rosmaninhais, já há mais de mil anos. As flores zigomórficas do rosmaninho são muito ricas em néctar e o mel das abelhas que o sugam é o mais saboroso…
No século XX havia ainda quem usasse o rosmaninho para tingir tecidos de linho ou algodão e dar-lhes assim uma cor azul clara.
O rosmaninho é para os botânicos a «lavandula luisieri». É um arbusto eudicotiledóneo da família das lamiáceas, com folhagem perene, raramente ultrapassando 1 metro de altura. Outras lamiáceas conhecidas são a alfazema, a hortelã, a salva e o tomilho, por exemplo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: