Pedra de 1739 no Azinhal

Numa casa em ruínas na aldeia do Azinhal, resiste ainda esta pedra gravada em 1739, com a inscrição:

« Seja louvado Jesus Christo Amem ».

As referências cristãs no Azinhal estão associadas à criação da freguesia.

O mais antigo documento escrito que refere a freguesia do Azinhal é o registo das «visitações» da Ordem de Santiago, que em abril de 1565 referenciavam a Igreja do Espírito Santo do Azinhal, com os fregueses a pagarem à Paróquia 2 moios de trigo por ano. Havia então 20 “vizinhos” na aldeia e cerca de 70 “fregueses” em toda a freguesia…

Naquela época, Castro Marim escrevia-se Crasto Marym, Alcoutim escrevia-se Alcoutym e Azinhal escrevia-se Azinhall

2 Respostas to “Pedra de 1739 no Azinhal”

  1. F Soares Says:

    Azinhall ! Quem imaginaria ? Afinal, poderia ser a grafia do seculo XXI !
    Não se escreve agora Allgarve ????

  2. luis cruz Says:

    A pedra referida não é do Azinhal.
    A casa é minha e fui eu que a lá pus.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: