Início da construção da Unidade de Cuidados Continuados Integrados do Azinhal

Já se iniciaram os trabalhos preliminares para a construção da Unidade de Cuidados Continuados Integrados do Azinhal.

Esta unidade de saúde vai dotar o Azinhal de uma estrutura  financiada pelo Programa Modelar e gerida pela Associação Bem Estar Social da Freguesia do Azinhal e terá a tipologia de Unidade de Longa Duração e Manutenção, com 31 camas.

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados foi criada em setembro de 2006, pelos Ministérios da Saúde e do Trabalho e da Solidariedade Social, e visa construir respostas que permitam aos seus utentes recuperarem a autonomia para as atividades da vida diária e reduzirem o seu grau de dependência. Foi regulamentada em maio de 2008 e os acordos para a construção das unidades foram assinados em janeiro de 2009.

A Unidade a construir no Azinhal será dotada de 9 áreas:

  • Uma área de receção, com átrio, posto de atendimento e IS de visitantes;
  • Uma área administrativa, com sala de secretariado;
  • Uma área de refeições, convívio e atividades, com copa, refeitório, sala de convívio / atividades, IS associadas e cabeleireiro / podólogo;
  • Uma área de quartos e higiene pessoal, com 31 quartos, IS de cada quarto e banho assistido;
  • Uma área médica e de enfermagem, com posto de enfermagem, sala de observação e tratamentos e gabinete médico;
  • Uma área de medicina física e de reabilitação, com ginásio, fisioterapia e terapia ocupacional, eletroterapia e terapia da fala e IS associadas separadas por sexo;
  • Uma área de pessoal, com vestuários e IS associadas;
  • Uma área de logística, com zonas de materiais clínicos e de consumos, de roupa limpa, de equipamentos de limpeza, de lavagem e de desinfeção de arrastadeiras, de sujos e de despejos;
  • Uma casa mortuária, para depósito temporário de cadáveres.

Uma resposta to “Início da construção da Unidade de Cuidados Continuados Integrados do Azinhal”

  1. Victor Rosa Says:

    Finalmente uma boa notícia. São estas estruturas que permitem lutar contra a desertificação humana e merecem o apoio de todos os azinhalenses. Acho que é de louvar o executivo camarário pelo empenho no projecto e pela sua localização numa aldeia que a IC27 tornou periférica!
    Encontro também que neste contexto, o município irá aproveitar a embalagem e dimensionar a ETAR do Azinhal, dotando-a dos meios financeiros para permitir o seu normal funcionamento e conservação, uma vez que dadas as condições actuais, parece-me manifestamente impossível utilizar essa ETAR para receber os efluentes dos esgotos desta nova Unidade além dos da Urb. do Poço dos Peixes! Em boa hora e bem hajam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: