A estrada do Azinhal no séc. XIX

Quem entra no Azinhal pelo sul repara na extensa reta que antecede a aldeia.

Nem sempre assim foi: em 1892, foi elaborado o projeto de construção da Estrada Municipal nº 32, que levou até ao Azinhal uma estrada em macadame (à Mac-Adam, como então se dizia, com empedramento com brita de grauvaques  e saibro ), construída quase toda sobre o traçado da velha estrada em terra, com muitas pedras e buracos…

A nova estrada, na planta anexa representada a vermelho em contraposição com a velha estrada representada a negro, eliminou as curvas que antecediam a aldeia a sul.

O lanço construído nos finais do séc. XIX ligava a Ribeira de Beliche e o Azinhal, tinha uma largura de 5 metros (3,5 m de faixa de rodagem + bermas de 75 cm cada), numa extensão de 3,560 km e incluiu 15 aquedutos. Foi orçamentado em 4.514$000 reis.

Foram então expropriados  terrenos aos seguintes proprietários: José Silvestre Falcão, Lourenço Couraça, Manuel Rosa Aboim, José de Campos, João Marianno, Manuel Francisco Costa, João Faisca, Antonio Joaquim Madeira, João Luiz Murta, Manuel Valentim, Maria Custodia, José Maria, Matheus Vaz Palma, Antonio Luiz, Manuel Vaz, José Maria Lagos, Romana Vaz Palma e José Vaz Palma.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: