A necrópole do Cerrinho dos Chaparreiros

Toda a zona do Azinhal, tal como globalmente a faixa oeste próxima do rio Guadiana, foi povoada há mais de 4000 anos por grupos que utilizavam instrumentos metálicos manufacturados localmente.

No Cerrinho dos Chaparreiros, perto do Azinhal, existiu uma necrópole de cistas, construída entre o período neolítico e a Idade do Cobre.

Está referenciada na Carta Arqueológica de Portugal e em estudos de Estácio da Veiga e Helena Catarino.

As sepulturas eram de pequena dimensão, sem alinhamento uniforme, construídas em encostas de pequenas colinas ou cerros, com pedras toscas sobrepostas; e os mortos eram colocados de lado, em posição fetal, com os joelhos junto à boca.

Foram profanadas ainda durante a ocupação romana e o terreno tem sido aproveitado para práticas agrícolas durante séculos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: