80 milhões de euros para as Choças

29 Novembro 2018

foto joao xavier - Choças

A urbanização das Choças vai começar, previsivelmente, em finais do ano 2019, após cerca de 3 décadas de espera!

A empresa Resort Developments Limited, dirigida por Charles Weston-Baker, reformulou completamente o projeto anterior e começou por abdicar dos campos de golfe projetados.

Com o objetivo de criar um ecoresort de 240 hectares em que a componente agrícola é essencial, a primeira construção será a de uma marina e um aparthotel com 80 apartamentos.

Serão depois construídas moradias, quintas, um hotel wellness com 50 casas e a musealização do lagar abandonado.

O próprio diretor da empresa já visitou as Choças (que considerou um local maravilhoso) e abdica do nome de Almada de Ouro, o que é de aplaudir, equacionando-se para já a hipótese de a urbanização ser batizada como Plantation Guadiana River.

A aldeia do Azinhal, a cerca de 2 Km, irá decerto beneficiar com a proximidade do empreendimento (um investimento de cerca de 80 milhões de euros), tanto pela afluência de turistas como pelas dinâmicas decorrentes dos empregos a gerar.

 

Anúncios

A Feira do Azinhal

17 Agosto 2018

cartaz da feira do azinhal

O dia 20 de agosto é marcado pela tradicional Feira do Azinhal.

Este ano, além da feira típica, o fim de semana tem noites de entretenimento musical com bailes e com cantores.

Na noite de dia 18, temos música popular. Na noite de dia 19, a grande atração é Clemente, um cantor com créditos firmados a nível nacional. Na noite de dia 20, é a vez do fado tropical, protagonizado por Emanuela Furtado.

A organização dos eventos está a cargo da Junta de Freguesia do Azinhal.

 

Incêndio no Azinhal

9 Agosto 2018

foto jornaldobaixoguadiana - incendio azinhal 07ago2018

O incêndio que lavra no concelho de Monchique desde há quase uma semana tem praticamente monopolizado as atenções mediáticas, o que se justifica pelo gigantismo dos danos.

Contudo, um outro incêndio deflagrou no passado dia 7 perto do Azinhal, ganhando duas frentes, uma para os limites da aldeia e outra na direção da Junqueira.

Os fumos foram avistados em Tavira e foi necessária a intervenção de meios aéreos para debelar as chamas (inicialmente combatidas por bombeiros de Vila Real de Santo António e Tavira), evitando prejuízos em património edificado.

 

O Azinhal no Jornal do Algarve

22 Julho 2018

Foto João Xavier - A Quinta das Choças em 2009

Francisco Amaral, presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, deu uma entrevista ao Jornal do Algarve.

O Azinhal aparece em duas referências…

«Castro Marim é o único concelho que não tem quartel de bombeiros, mas temos tudo preparado e encaminhado para criar um miniquartel no Azinhal.»

«Farei tudo para que avancem os projetos da Verdelago, Quinta do Vale, Almada de Ouro, Retur, tal como outros hotéis em projeto.»

Relativamente ao primeiro problema, saúda-se a ideia e espera-se que, considerando as condições da serrania e a «centralidade» do Azinhal no contexto concelhio, o quartel, não devendo ser grande, deverá ter condições para socorro em situações de calamidade.

Relativamente ao segundo problema, convém recordar que compete à Câmara Municipal de Castro Marim implementar previamente a construção de uma variante ao Azinhal, para que, de acordo com o projeto de «Almada de Ouro», os camiões para as Choças não atravessem a aldeia.

 

O panorama atual do território do Azinhal

15 Junho 2018

Foto João Xavier - Placa do Azinhal à beira da Estrada Nacional 122

Em período de discussão pública, o PNPOT (Programa Nacional da Política e Ordenamento do Território) traz-nos algumas atualizações sobre os territórios.

A área da freguesia do Azinhal está enquadrada em duas tipologias:

  1. É uma área em perda demográfica;
  2. É uma área de suscetibilidade à desertificação.

A perda demográfica do Azinhal é considerada com panorama pessimista para os próximos anos: com projeção de perda superior a 15% até ao ano 2030, numa franja mais gravosa dentro do contexto de um país que ocupa a cauda dos índices de fertilidade.

A suscetibilidade à desertificação vem na sequência do que foi estudado durante a segunda metade do séc. XX: a situação climática, os solos pobres e rochosos e a fraca dotação florestal denotam diminuição da pluviosidade, maiores períodos de carência hídrica e a consequente implantação de vegetação resistente à seca.

O retrato está feito. É imprescindível projetar o Azinhal com novos rumos, com pessoas e políticas resilientes que maximizem as suas virtudes perante um Algarve cosmopolita e demasiado turistificado.

A freguesia do Azinhal é um território atrativo, com património natural e humano a preservar e a valorizar.

Importa identificar as pressões que existem sobre essas mais-valias e apoiar estrategicamente quem possa investir criativamente e desenvolver socioeconomicamente este território.

A feira Terra de Maio 2018

28 Maio 2018

foto joao xavier - terra de maio 2018 (1).JPGKODAK Digital Still Camerafoto joao xavier - terra de maio 2018 (2).JPGfoto joao xavier - terra de maio 2018 (5).JPGfoto joao conceiçao - terra de maio 2018foto joao conceiçao - musica na terra de maio

A feira Terra de Maio teve este ano uma edição mais recatada.

Não foi tão grande a afluência de visitantes, mas o multiusos do Azinhal tornou-se durante o fim de semana um espaço de lazer, entretenga, petiscos e muita conversa.

No Azinhal… tá-se bem. 🙂

 

 

Vá à feira Terra de Maio

23 Maio 2018

terra de maio 2018

O próximo fim de semana vai ser top de visitas no Azinhal: em 25, 26 e 27 de maio de 2018, vai decorrer mais uma feira Terra de Maio.

As grandes atrações deste ano vão ser a fadista Raquel Tavares e o chef Vítor Sobral.

A pecuária, o comércio, a etnografia, a gastronomia e as artes são os grandes polos de atração da Terra de Maio 2018, que vai ser organizada pela Câmara Municipal de Castro Marim, pela Junta de Freguesia do Azinhal e pela Backup.

Colaboram com esta grande iniciativa cerca de uma dezena de entidades, sendo de destacar a Associação Nacional de Criadores de Caprinos de Raça Algarvia, que está sedeada no Azinhal e vai promover o fabrico de um queijo gigante.

 

A Corte do Gago

16 Abril 2018

KODAK Digital Still Camera

Situada a cerca de 170 metros de altitude, a pouco mais de 13 Km do Azinhal, a Corte do Gago (também conhecida como Corte Gago) é, em termos populacionais, a 4ª maior localidade da freguesia do Azinhal.

Ali foi encontrado no séc. XIX um tesouro com muitas moedas árabes de Abd al-Rahmân III e al Hakam II. Abd al-Rahmân III foi o primeiro Emir de Córdova e o primeiro Califa do Al-Andaluz (do ano 929 ao ano 961) e dominou quase toda a Península Ibérica.

No ano 2011, foram recenseados na Corte do Gago 27 habitantes e 53 edifícios.

No ranking das edificações, a Corte do Gago é igualmente a 4ª maior povoação da freguesia do Azinhal.

As 53 habitações existentes naquele aglomerado populacional foram construídas depois da 2ª Guerra Mundial (apenas 9 delas já no séc. XXI) e só 10 têm esgotos.

«Corte» é uma palavra ancestral de origem latina («cohorte») que denominava locais com currais e/ou malhadas.

 

Inverno no Azinhal

19 Março 2018

KODAK Digital Still Camera

Foi assim que o inverno de 2018 se despediu hoje do Azinhal: com nuvens cinzentas, muito vento e alguma chuva… como qualquer inverno que se preze.

Este, apesar de tardio, não deixou os méritos por estações alheias.

Depois da seca, os campos já esverdearam e… amanhã chega a primavera.

O Azinhal em 1850

9 Março 2018

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Em 1850, foi publicado um estudo que ainda hoje é uma referência essencial para os investigadores da História do Algarve: «Algarve – descrição geográfica e geológica desta província», por Charles Bonnet.

O ilustre investigador francês, que correu o Algarve de ponta a ponta, viu a sua obra aprovada e impressa pela Academia Real de Ciências de Lisboa.

Naquela obra, a referência ao concelho de Castro Marim é curiosamente marcada pela aldeia que sobressaía em todo o município: o Azinhal.

Escreveu então Charles Bonnet:

«O concelho de Castro Marim possui uma pequena população, sendo de destacar a aldeia do Azinhal, a duas pequenas léguas de Castro Marim e a meia do Guadiana. Esta aldeia está já nas montanhas, construída sobre uma elevação da qual se disfruta de uma ampla paisagem. A sua população é de 1121 habitantes.»